Social Media Week São Paulo 2017 - Curadoria Crowdsourcing

O prazo para inscrições de palestras em 2017 foi encerrado.
As inscrições para o Prêmio ainda estão disponíveis.
Clique aqui para conhecer o regulamento e se inscrever.

  • Login Facebook
  • Faça seu login para
    votar ou criar sua palestra.
  • 10994436_856663427727181_1893395272827454297_n Leo Morato

Social Media do Diabo: como trabalhar com marcas odiadas nas redes sociais?

Existem marcas que, por melhor que seja o trabalho da equipe de marketing digital, elas continuarão sendo rejeitadas e criticadas por grande parte (senão a maioria) do público. Como trabalhar com estas marcas "odiadas" nas redes?

Biografia
Formado em Jornalismo pela Universidade Mackenzie, foi redator do Santander, SKY, entre outras marcas, foi social media nas eleições de 2012 (Netinho de Paula/PC do B) e 2014 (Governo de Rondônia) e é o Community Manager do SporTV.

Linkedin
https://br.linkedin.com/in/leomoratoc

Twitter
https://twitter.com/@leomoratoc

Tags

4 Comentários

pessoas que curtiram

pessoas que não curtiram

Ana Paula Cruz

Ótima sugestão! Existem todo um universo de marcas que tentam se livrar de rótulos e boatos atrelados a elas por décadas. As estratégias, em sua grande maioria são complexas e existem times com pessoas diversificadas e muito planejamento.

Renato Santiago Nagasako

Uma boa discussão para entender como trabalhar melhor a gestão dessas "Marcas do Diabo" e aproximá-las ao "Céu" de forma ética e consistente. Afinal, como profissionais da área, trabalhamos para estreitar e melhorar o relacionamento pelas Redes Sociais Digitais.

Liris Bertelli

As marcas de telecom estão no topo da lista de reclamações do PROCON e notadamente têm dificuldade de se posicionar para dar boas notícias nas redes, sem que seus posts sejam bombardeados de comentários do tipo "minha internet não funciona", "chamei o técnico a tantos dias".

Leo Morato

Sugestões de quem (ou quais marcas) poderiam participar do painel?